Tem uma palavra para isso! 5

  • Marcos Nogas
  • 08-02-2021
  • (1) Clique se também gostou!

Tem uma palavra para isso!

Nossa quinta palavra tem sua origem no idioma kiriwina, da Nova Guiné: mokita.

Em diversas línguas e culturas há situações em que as palavras não ditas tem tanto valor quando as que são ditas, ou às vezes, até mais.

Por exemplo, aquele tio ou primo alcoólatra ou drogado, cujo problema ninguém nunca comenta é um exemplo de algo que que não se fala e que é do conhecimento de todos.

Algo que se poderia chamar de “verdade oculta”.

A tribo Kiriwina, da Nova Guiné, possui uma paravra para “aquela coisa que todo mundo sabe mas ninguém fala abertamente”. Como por exemplo, quem traiu quem ou aquele filho ou sobrinho que não é muito esperto ou o já citado problema com drogas ou bebidas ou jogatina e por aí vai.

Também há o fator de que, se chegar ao ponto de se falar sobre determinado mokita, algo deverá ser feito a respeito.

REFERÊNCIAS

RHEINGOLD, Howard. They have a Word for it. Sarabande books. 2000.

Marcos Nogas, Webdesigner

Graduando de Letras Polonês (UFPR) e pesquisador das línguas.

Deixe um commentário

Logo UFPR

Línguas em Diálogo é um projeto de extensão do curso de Letras da Universidade Federal do Paraná.
CLIQUE AQUI para ver o cadastro do projeto na intranet da UFPR.